Michel Augusto

Blog

Santificação, uma obra da graça renovadora

Texto extraído do devocionário da Convenção Batista Nacional 2016.2

Por Michel Augusto

 

          Quando olhamos para a obra salvífica do Senhor, podemos perceber quão completa ela é. Uma obra que elege, chama, justifica e glorifica (Rm 8.29), mas que também nos santifica na caminhada dolorosa da vida regenerada (1 Co 6.9,11).

          A santificação é o crescimento necessário para a vida do regenerado. J. I. Packer diz que “na regeneração, Deus implanta desejos onde não havia: desejo de Deus, de santidade, e de santificação e glorificação ao nome de Deus neste mundo; desejo de orar, adorar, amar, servir, honrar e agradar a Deus. Na santificação, o Espírito Santo “efetua em vós tanto o querer como o realizar”, de acordo com o propósito de Deus; o que ele faz é inspirar a desenvolver a vossa salvação (isto é, expressá-la em ações) pela realização desses novos desejos[1] ( Fl 2.12,13).

            A santificação é uma obra santa do Espírito em nossas vidas. Uma graça renovadora, que nos leva a viver a vida regenerada na força Daquele que nos chamou. É vitalidade e segurança para o dia-a-dia que se torna um fardo na vida do homem.

[1] PACKER, J. I. Teologia Concisa. Um guia de estudos das doutrinas cristãs históricas. São Paulo: Editora Cultura Cristã, 3. ed., 2014, p. 149

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *